Páginas

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Eu Prometo.



Você me pede juras de amor, mas eu não as acho válidas.
Prefiro promessas. Deus sempre promete, e cumpre. Então vejo a promessa como algo irrevogável, não só a palavra da boca, mas o compromisso do coração.
Por isso decidi apenas te prometer.
Te prometer que minhas palavras serão sempre sinceras.
E que meus atos serão demonstrações do meu sentimento por ti.
Não me acho grandes poetisa. Apenas escrevo o que me vem à mente.
Não é como escrevemos, mas sim sobre o quê nos expressamos.
Um bom assunto dá sempre um bom texto.
Você é um bom assunto.
E as palavras não são insuficientes. Mas mesmo assim eu as completo com ações. Com carinhos. Porém, elas falam tudo.
Eu sempre te falo tudo.
Não quero que existam segredos entre nós, pois estes funcionam apenas como muralhas, que mais cedo ou mais tarde caem, mas a distância, já definida, não tende a diminuir.

Eu prometo, que a lua sempre será mais bonita pra mim quando você estiver por perto.
E que o sol será meu pior inimigo, por me fazer encolher os olhos, e não lhe ver integralmente.
Eu quero prometer tanto, mas sinto medo de não ser fiel às minhas promessas. De esquecer.
Prometo nunca lhe magoar, me lembre disso.
Prometo nunca te fazer arrepender-se.
Prometo nunca prometer coisas que não intento cumprir.
Prometo lhe ser verdadeira, lhe amar e respeitar, na saúde e na doença... Ops, acho que esse juramento é só pra ocasiões especiais.
Mas meu bem, eu prometo.

Prometo, principalmente, que palavras não serão apenas palavras.

Desculpe, acho que falei demais.
Te adoro.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Saudades

A vida é feita de momentos, já dizia Wild. Muito sábio ele, confesso, mas ainda sim desconexo.
A vida não é feita apenas de momentos, mas de cheiros, toques, pessoas, movimentos.
Cada segundo desse tempo, já deixa um espaço em branco em nós quando se vai.
Nada nunca acontece da exata maneira que aconteceu antes.
Tudo muda sempre.
O teu sorriso nunca será o mesmo, por mais que expresse a mesma coisa.
As tuas palavras serão metamorfas, ainda que signifiquem o usual.
E eu nunca o verei, ou as escutarei como anteriormente.
Por mais que repetidos, diferentes.
Oh, sim, a vida é feita de momentos também, mas cada um é único com seu talho de sentimentos, lembranças que ficarão para sempre no nosso subconsciente.
E eu sinto falta delas.
Sinto falta de ti.
Ainda que eu te veja todos os dias, não suficientes, declaro.
Que momentos sem ti não são vida...
Sao apenas lembranças dos sorrisos que mudam e das palavras que flutuam.
São apenas saudades de ti.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Ladrão de Sentimentos

Hoje estou aqui, mas ontem estava lá, perdida em meio a sentimentos
Jogada no brilho do seu olhar.
Eu via o céu no seu sorriso, enxergava o sol no seu falar
Tudo seu era lindo
Tudo era pra se amar

Mas veio ele sobre mim
Como a escuridão vem sobre o dia
Cada momento que passamos juntos, meu bem
Me era perdido em agonia

Ele veio levando tudo
Cada lembrança, cada toque
Não mais me recordava seu cheiro
Não me era mais movida pela sua voz

Esse ser tão independente
Se faz por ele mesmo,vai e vem e leva tudo
O grito, Ladrão de sentimentos,
Por roubar minhas lembranças,
Mas alguns o chamam, Tempo.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Romance


Deixe que haja amor, nesse mar de perdidos.

Deixe que haja amor, nesse mundo de loucos.

Deixe que haja amor, nesse recanto de sentimentos.

Acredite em cada sorriso, em cada declaração.

Será verdadeira, eu juro.

Mesmo que a terra se parta em duas, eu juro.

As estrelas continuarão ali.

Elas são testemunhas, eu bem digo.

O bom é que você sabe, você tenta confiar em mim e isso me diz muito.

Deixe que haja amor.

Almas unidas em um só som bailam sobre as nuvens.

Mas isso que te digo, não se compara com o sorriso que eu amo, que ilumina tudo.

O céu se abriu para os amantes.

Que de romance muito cantam.

Deixe que haja amor.

Em todos os corações.

Deixa que haja amor, em mim.