Páginas

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Céu azul, blue e amarelo.

Apenas cores, pintam a vida.
Azul, blue, amarelo.
Cor dos seus olhos, se apenas...
Cores na aquarela.

Poderia falar, seu espírito, meu iterlocutor.
Te espero anciosa, perdida no espaço.
Se a música preenche, nós vamos em frente
Colorindo o céu sempre.

Azul, blue, amarelo.
Se brincamos com as pessoas, cores provocam deslumbramento.
Ok, talvez esteja um pouco atordoado entre sentimentos.
Nem sempre sentimos saudades daquilo que perdemos.

Cores e mais cores dançam.
Nada faz sentido na tela.
A verdade é mais do que colorida
O que devemos é usar mais ela.

Azul, blue, amarelo.
Nunca fui poeta, mas as palavras são gratuitas
Então as uso como as cores
Para cantar o universo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário