Páginas

sábado, 28 de fevereiro de 2009

Eu sei.



Que você tem os melhores sorrisos,
Eu já sei.
Que olha do jeito que mais me atrai,
Também sei.
Que me abraça com as palavras,
Até você já sabe!

E você me conquista com suas dúvidas e progressos
E cada vez que retrocede, cansado, eu te seguro.
Eu sei.

Que você faz meu coração bater mais forte,
Eu já sei.
Que o timbre da sua voz me faz tremer,
Também sei.
Que você me dá uma razão...
Não adianta negar, pois eu sei que você também sabe.

E que minhas lágrimas são suas ainda que não esteja perto
E que meus melhores sonhos tem você como protagonista.
Eu sei.
Sua alma canta pra sempre, se encaixa em uma melodia doce que me embala.
Só lamento não poder te ver, agora.
Mas eu sei, eu sei meu amor, que você vive...
Eu sei, e você sabe.
Você vive em mim.



quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Amizade.

Em nosso caminho conhecemos pessoas, brincamos, falamos. Mas com poucas, seletas pessoas, temos um real relacionamento.




Há pessoas que vêem o relacionamento de um jeito generalizado. Mas eu devo dizer que relacionamento é algo que, acima de tudo, requere intimidade.




Se você não tem intimidade em seu relacionamento, então você não tem um, digo, uma relação.




Na foto acima você presencia um exemplo. Somos tão amigas, que somos irmãs. Sei que sou uma irmã que ela não tem e idem. Passam os problemas, as brigas, as resoluções, nós continuamos. E continuaremos!




Verei Emily crescer, e no futuro ela também verá meus filhos.




O tempo pode vir, abalar, balançar, mas nunca quebrar o que nós temos. Não há mais muitas oportunidades ou tempo disponível, mas ainda assim damos nosso jeito!
Sempre daremos, certo nem? Hahahaha!









Se cuide.









Mas isso não é apenas com ela. Há ainda mais duas...







Não poderia deixar de citá-las.

Alguém um dia me disse que, se dermos valor aqueles que nos cercam quando não temos NADA, nunca estaremos sozinhos.

Espero que eu nunca fique sozinha, hahaha!

Amo vocês, e essa aliança é mais do que um anel. Afinal, quando eu não tinha nada a oferecer, vocês ainda acreditavam em mim.





Afinal, somos amigas. Gabby, Flá, Dana.
Amigas para sempre.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Talvez.




Um dia talvez eu me levante. Ou continue deitada.
Quem sabe uma noite dessas eu me abale, ou talvez permaneça na apatia profunda chamada de "rotina".
Olharia para o céu contemplando estrelas e invejando pássaros.
Ou bateria asas, sem medo de não saber, exatamente, como voar.
Sentiria o vento no rosto e descobriria você.
Você.
Eu sei que está em algum lugar, me esperando.
Nos agarraríamos nos astros e roubaríamos sua eternidade, apenas para nos amármos para sempre.
Tocaríamos o infinito, e eu seria sempre mais atraída pelo brilho de seus olhos do que de qualquer outro Sol que possa vir a aparecer.
Assistiríamos o amanhecer e o anoitecer sem perdermos o reluzir de nossas almas, sempre acesas pelo amor.
É... Quem sabe talvez eu me mova, ou não. Poderia lutar contra a corrente que me arrasta para a mesma vida medíocre que todos anseiam. Ou poderia deixar-me ir com ela.
Morreria tentando?
Te abraçaria, com certeza.
Morreria em seus braços, sem dúvidas.
Se eu me levantasse.
Apenas o suficiente para sentir o calor no meu rosto...
Talvez um dia nos encontremos. E eu sei que vou te reconhecer. Talvez você me reconheça antes.Talvez sonharemos juntos...
Mas eu sei, tanto como sei que meu coração bate, que seremos pássaros, e aprenderemos a voar juntos.
Desde já, te amo.




sábado, 21 de fevereiro de 2009

Ilusão


Pela janela do quarto
Lampejos de luz iluminam meu rosto
Nele uma expressão vaga
Na mente uma ilusão

No piano a melodia
Viajando nas notas perdidas
De uma alma sentida
Continuo na ilusão
Do seu sorriso

Sim
Eu
Vou

Quebrando barreiras
Descalça em um vestido branco
Noiva em desamparo
Na ilusão eu me restauro
No seu cheiro eu me perco
Novamente
Mas você me abraça
Seu toque tão real
A sensação de sua pele
No seu colo eu corro
Para a ilusão de seus lábios
Sorrindo...