Páginas

sábado, 29 de novembro de 2008

Caminhadas


Durante algum tempo, quando não haviam carros, ou qualquer tipo de veículo automático, as pessoas costumavam a caminhar...
Você sabe o que é! Aquilo para que se usam as pernas... Lembrou?
Caminhadas, diferente de andar, eram espaços de tempo em que as pessoas contumavam meditar, quando sozinhas, ou conversar, quando acompanhadas.
Caminhadas entre amigos, entre namorados, entre desconhecidos. Era sempre um bom artifício para uma boa prosa, ou uma "investida".
Lembra-se do famoso:
- "Posso te acompanhar até sua casa?"
A menina aceitava e lá iam os dois, conversando, se conhecendo mais.
Hoje em dia as pessoas chegam rápido demais a destinos, e não tem paciencia para conversar dentro do carro. O trânsito precisa de atenção!
Mas, e as preciosas calçadas? O vento no rosto... O cabelo alvoroçado... As risadas, tropeços, encontros.
- "Estava andando até sua casa na sexta e advinha quem eu encontrei no caminho?"
Pequenos comentários, trocas de informações.
Mas o melhor! As caminhadas de mãos dadas... Os dedos entrelaçados, conversas sussurradas. Beijos roubados na escuridão.
Caminhas são boas pro coração, e pra mente.

Um comentário:

  1. Concordo... tambem faço isso as vezes... caminhas para poder por algumas coisas no lugar... para poder pensar em tudo...

    ResponderExcluir